fbpx

Como utilizar a mobilização neural?

Tratamento fisioterapêutico para a dor lombar
19 de outubro de 2020
Quais são os principais equipamentos para clínica de fisioterapia?
27 de outubro de 2020

A mobilização neural é uma técnica que foca nas alterações da biomecânica dos tecidos nervosos.

Essas alterações são as causas de muitas pessoas sentirem dores e terem os seus movimentos limitados.

É uma técnica da terapia manual que consiste na aplicação de movimentos oscilatórios ou estáticos ao longo de todo caminho nervoso, desde a sua raiz até o seu trajeto.

Através dos movimentos, é possível liberar os possíveis bloqueios, o que favorece o caminho da inervação e os impulsos elétricos diminuindo a dor do paciente.

Continue lendo o nosso post e saiba mais detalhes sobre a mobilização neural!

 

O que é mobilização neural?

A mobilização neural é uma técnica que está antiga e talvez que os profissionais dão pouca importância na sua prática clínica, porém apresenta resultados muito positivos para os pacientes.

Ela embasa-se na teoria de que as lesões podem ser causadas por diversos motivos, desde razões musculares, articulares ou de estruturas interligadas, mas também por alterações da biomecânica dos tecidos nervosos.

Essas alterações, então, poderiam provocar problemas ao paciente, como dores e limitação dos movimentos.

O fisioterapeuta atua na raiz e em todo o trajeto do nervo, liberando-o de qualquer bloqueio, seja por aderência ou compressão.

Como resultado direto desse desbloqueio, há a melhora na mobilidade do nervo, assim como na circulação sanguínea e na amplitude dos movimentos articulares e na capacidade do músculo.

 

Por que a mobilização neural apresenta tantos benefícios?

A principal razão da mobilização neural ser importante no tratamento é porque ela faz com que o impulso nervoso chegue de forma correta a todos os tecidos do corpo.

Em alguns casos o alongamento muscular pode aumentar a tensão neural e, consequentemente, piorar a situação do paciente.

A mobilização neural consegue trazer mais resultados e de forma duradoura.

Ela é extremamente eficiente para o tratamento de algumas condições, como:

  • Lombociatalgia,
  • Síndrome dos Escalenos,
  • Síndrome do Piriforme,
  • Cervicobraquialgia,
  • Radiculopatia,
  • Hérnias de disco,
  • Síndrome do Túnel de Carpo,

 

Como utilizar a mobilização neural no tratamento de pacientes?

A mobilização neural é uma terapia manual e é indicada para todos os pacientes que apresentam limitações de movimento ou de elasticidade dos tecidos porém tendo como causa principal, bloqueios no sistema nervoso periférico.

Basicamente, durante as sessões são aplicados movimentos oscilatórios ao longo do tecido neural.

Para que o tratamento seja eficiente, é preciso fazer uma análise criteriosa da mobilidade atual do nervo periférico, assim como os possíveis pontos de encarceramento do mesmo.

Além disso, o fisioterapeuta deve aplicar a pressão correta, assim como também deve saber os pontos-chave a serem tratados.

 

Estude e capacite-se

O primeiro passo para utilizar a mobilização neural é buscar uma capacitação para compreender mais sobre essa técnica.

Para que ela possa ser aplicada da maneira correta e ofereça todos os benefícios para os pacientes, é preciso aprender todas as teorias e práticas que a embasam. Em nossa Formação de Terapia Manual Avançada, nossos alunos aprendem, quando, como e de que forma utilizar essa técnica poderosa. 

Capacite-se com profissionais que são referência, assim, você conseguirá oferecer o melhor tratamento possível, além de conseguir otimizar os seus resultados.

Conte com a Grupo Inn Corpore para isso! Somos especializados em Fisioterapia e promovemos diversos cursos de aperfeiçoamento.Fale conosco e saiba mais sobre o nosso projeto de Educação Presencial e Online!

X