fbpx

Como criar uma organização financeira?

Como criar um planejamento estratégico em 4 etapas?
24 de julho de 2020
O que é preciso para ser um profissional de sucesso?
7 de agosto de 2020

É impossível controlar contas e investimentos sem uma organização financeira. 

Muitas empresas passam por problemas em função do descontrole das finanças, uma vez que atrasos nos pagamentos acarretam:

  • juros,
  • taxas,
  • multas.

Além disso, a falta de controle nas finanças faz com que o foco seja desviado em função dos problemas com as contas, o que acaba abalando emocionalmente os empreendedores e prejudicando o negócio.

Diferente do que muitos pensam, não é difícil implantar controles com os gastos mensais, no entanto, é preciso disciplina e um planejamento a respeito.

Neste post apresentamos dicas de como implantar a organização financeira em seus serviços de fisioterapia. Continue lendo e saiba mais a respeito!

 

O que é organização financeira?

Organização financeira é o ato de controlar as receitas e despesas do seu negócio, se antecipando a problemas e desenvolvendo ações para o equilíbrio orçamentário.

Através dela é possível:

  • planejar metas,
  • controlar as entradas de recursos financeiros,
  • controlar as despesas,
  • avaliar as necessidades financeiras para a manutenção dos serviços,
  • priorizar objetivos.

Como organizar as finanças?

Para a organização financeira, o primeiro passo está em levantar detalhadamente todas as receitas e despesas previstas mensalmente.

O ideal é a utilização de um sistema ou aplicativo que possa ajudá-lo no registro dessas informações, mas, uma planilha e até mesmo controles manuais irão ajudá-lo a descobrir qual é a situação econômica do seu negócio.

A partir dessas informações são necessárias ações que colaborem para um controle das movimentações. 

Diante disso, você deve implantar:

Monitoramento diário de seu caixa

Todos os dias você deve levantar as receitas e despesas ocorridas, independente dos valores e da importância para o seu negócio.

Portanto, registre as entradas e saídas diárias e observe os resultados obtidos, para identificar se o seu empreendimento está trabalhando com lucro ou prejuízo.

Fluxo de caixa

A partir dos dados registrados diariamente você pode elaborar um fluxo de caixa, onde pode acompanhar e prever entradas e saídas de recursos financeiros.

Com o levantamento dos custos do negócio e das entradas diárias de receitas, é possível tomar decisões antecipadas quando se percebe que em determinado momento o seu fluxo de caixa fica negativo.

Com essa ferramenta você acompanha a situação das receitas e despesas e conhece os períodos de folga de caixa, bem como aqueles em que precisará de um reforço extra para cumprir com os seus compromissos.

Separação total das finanças pessoais das empresariais

Estabeleça um pró-labore, que deve ser retirado mensalmente para a sua remuneração, portanto, as contas pessoais são suas e não da Pessoa Jurídica e o contrário também é verdadeiro.

A mistura de contas impedem que você saiba qual a verdadeira situação financeira do seu negócio, o que é um sério problema para a gestão empresarial.

Controles e capacitação administrativa financeira

Para o sucesso financeiro é necessário um controle completo e detalhado, portanto, é fundamental que você invista em ferramentas de apoio.

Você precisará estar se capacitando constantemente além de ser necessário conhecer sobre outras áreas, pois agora além de um fisioterapeuta, você é um empreendedor.

Portanto, não esqueça de estudar para desenvolver um bom controle administrativo/financeiro do seu negócio. 

Existem técnicas e práticas nessa área que podem fazer toda a diferença entre o sucesso e o fracasso de uma organização.

 

Acesse o site do Grupo Inn Corpore e conheça a nossa mentoria para negócios e profissionais de saúde!

X